RECEBA TODA SEMANA NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Como escolher a melhor máquina de Cartão para a sua Clínica de Estética

Publicado em 06/18/2020

fale com um consultorPowered by Rock Convert

O uso dos cartões como forma de pagamento tem se tornado mais populares no Brasil, por isso equipar o seu estabelecimento com máquina de cartão pode ser uma opção para garantir mais vendas.

Se há algum tempo o cartão de crédito era considerado um item supérfluo, hoje ele representa em média 40% das vendas no comércio, segundo a associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviço. O cartão tornou-se indispensável no processo de compra, capaz de influenciar muito a decisão dos clientes finais. Para atender essa demanda e otimizar suas vendas, é preciso que sua clínica ofereça essa possibilidade de pagamento. Afinal, qual a melhor máquina de cartão e como escolhê-la?

Transações realizadas no ambiente digital são uma tendência no mercado. Ainda que dinheiro seja a forma de pagamento mais utilizada para valores menores, os cartões de débito e crédito, vem crescendo como formas de pagamento adotadas pela população.

No momento da compra, 52% preferem cartão de débito e 46% crédito, segundo a pesquisa do Banco Central do Brasil. A opção varia de acordo com o preço da compra, sendo que acima de R$50,00 os brasileiros já tendem a escolher os meios digitais, relacionados a praticidade e segurança por não precisarem carregar muitas cédulas ou moedas. Por isso as máquinas de cartão estão mais acessíveis e simples de adquirir, tanto para microempreendedores individuais (MEI), quanto para empresas de maior capital.

Existem dois tipos principais de máquinas, as tradicionais, que imprimem nota fiscal e são direcionadas para empresas de maior porte, e as chamadas Mobile Points of Sale (mPOS), mais simples e que podem ser conectadas a um smartphone e utilizadas por pessoas físicas.

job estéticaPowered by Rock Convert

Para ajudar você a selecionar a opção ideal para o seu negócio e entender os benefícios de oferecer esse meio de pagamento, listamos tudo o que deve ser levado em conta antes de escolher a sua maquininha. Confira no post a seguir.

Entenda o que considerar ao escolher a melhor máquina de cartão

As máquinas de cartão tornaram-se um item de necessidade. Para corresponder a essa popularização, o mercado passou a oferecer inúmeras possibilidades. A seguir, selecionamos alguns pontos que devem ser avaliados antes de escolher sua máquina:

  • taxas — avaliar o quanto essa máquina vai custar para o seu negócio é o primeiro ponto para fazer a escolha. A taxa é cobrada sobre suas vendas, de acordo com o seu faturamento, e descontada automaticamente;
  • custo fixo — existem opções de máquinas alugadas, com pagamento mensal, e compradas, em que você pode realizar a aquisição parcelada. Analise os custos de cada alternativa e verifique qual a mais viável;
  • bandeiras — quanto mais opções de bandeiras você puder oferecer, melhor será o seu atendimento ao cliente. As principais máquinas aceitam apenas Visa e Mastercard. Contudo, há versões que trabalham também com as bandeiras Elo e Hipercard, além de cartões de alimentação e refeição;
  • parcelamento — não são todas as máquinas que oferecem opção de parcelamento, por isso, analise quais têm esse serviço e qual o valor dos juros cobrados. As taxas podem ser pagas pelo lojista ou repassadas aos clientes;
  • suporte — outro ponto que deve ser levado em conta é se o fornecedor oferece suporte técnico para a maquininha e como é feito o contato com a empresa.

Conheça os principais benefícios de uma máquina de cartão

Como já citamos, as máquinas de cartão influenciam muito a decisão de compra dos clientes e são cruciais para que você preste um atendimento eficiente. Elas auxiliam na otimização das vendas, tornando o processo mais simples, rápido e dispensam a necessidade de troco.

Além disso, abrem o leque para mais opções de pagamento ao cliente, que pode escolher por débito ou crédito, e garantem mais segurança para o empresário, por diminuir os riscos de roubo e inadimplência.

Veja as opções de marcas e modelos de máquina de cartão

Atualmente o mercado tem várias opções de maquininhas disponíveis e algumas sem taxas de adesão ou aluguel. Existem as mais modernas também que aceitam pagamentos por aproximação. Listamos alguns modelos e marcas que podem ajudar na sua escolha, veja abaixo:

Modelos

  • Convencional — conectada a rede elétrica e telefônica. É possível incluir alguns serviços como recarga de celular;
  • Sem fio — conectada a internet. Ela funciona via Wi-Fi e também acompanha um chip com pacote de dados, o que dispensa o uso de celular para efetivar transações;
  • Bluetooth — conectada a um celular. Depende da ligação com um smartphone e é operado por um aplicativo;

Marcas

  • Cielo — eles têm seis modelos a venda no Brasil e os preços variam de R$60, a R$1080. Qualquer uma delas não tem taxa nos primeiros três meses, considerados período de teste. Depois das taxas podem ser de 5,59% + 2,99% para crédito parcelado, 4,99% para crédito em uma vez e 1,99% para débito. As máquinas Cielo tem suporte 24 horas e garantia. Além de aceitarem 80 bandeiras, o usuário pode receber os lucros todos os dias direto em uma conta corrente.
  • PagSeguro — contam com cinco tipos de máquina e os valores de compra podem variar de R$ 60, a R$500. Não cobram taxa no primeiro trimestre ou até completar R$1500, em vendas — o que acontecer primeiro — depois as taxas podem ser de 3,19% para crédito parcelado, 3,19% crédito à vista e 1,99% para compras no débito. Todas as máquinas aceitam os principais bandeiras e ainda a PagSeguro oferece uma conta digital livre de taxas para pagamentos, transferências e recargas de celular;
  • Mercado Pago — são três opções de maquininha com preços variáveis de R$100, a R$300. As taxas são em média de 1,99% para compras no débito e quando no crédito, depende do prazo para o dinheiro entrar na conta do usuário. Se optar por receber o pagamento na hora seguinte da venda no crédito, a taxa é de 4,47%, mas se for após 14 dias o valor é de 3,79%, já para 30 dias a taxa cai para 3,03%. Os modelos também aceitam as principais bandeiras de cartão;
  • SumUp — também têm três modelos de maquininhas entre R$ 60, a R$360 e aceitam as principais bandeiras de cartão. As taxas para compras no débito são de 1,9%. Já no crédito é de acordo com o plano escolhido pelo dono do estabelecimento. Quem deseja receber as transações após 30 dias, pode aderir o Plano Econômico com taxa de 3,1% à vista ou 3,9% para duas parcelas ou mais. Há o Plano Antecipado para quem quer receber os valores das compras em até um dia útil, com taxa de 4,6%.

Agora você já percebeu o quanto a forma de pagamento digital é importante para a sua clínica. Analise a melhor máquina de cartão, considere todas as alternativas e coloque os dados no papel para concluir qual é a melhor para o seu negócio, considerando as dicas fornecidas.

Já oferece aos seus clientes essa opção de pagamento? Com o Belle Software é possível o recebimento de pagamentos por cartão de crédito e débito, acesse o site e saiba mais: www.bellesoftware.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar no Grupo
Entre no nosso grupo de WhatsApp, converse com outras esteticistas e troque dicas e informações sobre o mercado de estética. ⤵️