RECEBA TODA SEMANA NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Inadimplência na clínica de estética, como diminuir?

Publicado em 03/14/2019

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Twitter 0 Email 0 Filament.io 0 Flares ×

Como nenhum negócio sobrevive sem receita, é fundamental que os seus clientes arquem com seus compromissos. No entanto, a história nem sempre tem um enredo feliz na prática, pois algumas pessoas não se organizam financeiramente e, com isso, acabam prejudicando os profissionais devido à falta de pagamento. Diante disso, surge uma dúvida: como diminuir a inadimplência na clínica de estética?

Inadimplência na clínica de estética

Inadimplência na clínica de estética, como diminuir?

A inadimplência causa diversos impactos negativos na clínica. Sendo assim, é fundamental criar ações para evitá-la ou diminuí-la o máximo possível. Caso contrário, a sua clínica sofrerá contratempos que podem afetar a sua relação com parceiros e fornecedores.

Neste artigo, vamos mostrar a você o que é preciso fazer para diminuir a inadimplência na sua clínica de estética. Ficou interessado no assunto? Então, continue a leitura deste conteúdo até o final!

Quais são os impactos negativos que a clínica pode sofrer?

Conforme já mencionamos, a sua clínica pode sofrer muitos impactos negativos com o aumento da inadimplência. Conheça os principais deles para ficar atento.

Fluxo financeiro desorganizado e sem previsões

O primeiro setor que sente os impactos da inadimplência é o financeiro. Isso porque a clínica não consegue equilibrar o seu orçamento nem arcar com os compromissos com fornecedores e autarquias (impostos). Nesse momento, o empreendimento se desestrutura, prejudicando os demais setores, que não conseguem se desenvolver pela falta de recursos.

Ainda há a questão da ausência de previsões, isto é, a clínica não consegue sequer montar um planejamento para investimentos futuros porque não tem nenhuma garantia do recebimento de suas receitas.

Falta de recursos para investir em inovação na clínica

A falta de recursos também compromete a imagem da clínica perante os clientes. Quando falamos em clínica de estética, pensamos logo em um lugar que oferece equipamentos de alta tecnologia capazes de contribuir para o melhor atendimento dos seus clientes, certo?

Quando a inadimplência ocorre, o investimento em inovações se torna inviável. Por consequência, a clínica fica atrás da concorrência uma vez que a inovação atrai a atenção do público-alvo e faz com que ele se sinta mais confiante ao escolher os seus serviços. Portanto, deixar de investir nessa alternativa diminuirá a sua força no mercado.

Fidelização de clientes prejudicada

Sem previsão de receitas e sem investimento em inovação e tecnologia, os clientes tendem a optar por outros serviços. Quem frequenta a sua clínica regularmente pode achar que o seu concorrente oferece benefícios mais eficazes e, com isso, escolher outro estabelecimento para realizar os procedimentos.

Desse modo, a fidelização de clientes é prejudicada, pois eles darão preferência a outra clínica que tem uma presença melhor no mercado ao sentirem que o seu estabelecimento não oferece serviços de alta qualidade e com resultados mais duradouros.

Obtenção de lucro comprometido

A lucratividade da clínica garantirá que ela realize os investimentos necessários para que seja possível obter um crescimento saudável. No entanto, com o aumento da inadimplência, o lucro do empreendimento fica comprometido.

No início dessa situação, a clínica passa a ter recursos apenas para sobreviver, ou seja, para pagar suas obrigações mensais. Mas, com o passar do tempo, a situação se agrava e nem isso ela consegue manter em dia. A inadimplência compromete também o capital de giro, o qual é indispensável para manter a clínica de portas abertas.

Como diminuir a inadimplência?

Ficou assustado com as consequências da inadimplência? Pois bem, saiba que ainda dá tempo de reverter a situação ao colocar algumas ações em prática. Veja quais são elas a seguir!

Adquira um sistema de gestão

Contar com um sistema de gestão é fundamental para evitar a inadimplência. O sistema Belle Software, por exemplo, oferece uma ferramenta que identifica os inadimplentes da sua clínica, torna o contato com eles mais rápido e facilita a negociação.

Você pode utilizar o módulo de notificações para receber alertas via SMS ou e-mail das contas vencidas a receber. Além disso, um alerta é emitido na home do sistema para você ter um maior controle dos inadimplentes. Vale lembrar que a Belle tem integração TEF com a Stone.

Entenda os motivos da inadimplência

Outra questão que merece ser observada são os motivos que levam o cliente a se tornar inadimplente. Reúna-se com a sua equipe do setor financeiro para analisar se clínica está oferecendo boas formas de pagamento; se, porventura, os preços praticados estão acima do normal; se o cliente é vítima do desemprego; entre várias outras questões.

Os motivos que o levarão a não efetuar os pagamentos acordados fazem toda a diferença na hora de criar um planejamento efetivo para combater a inadimplência na clínica. Por esse motivo, estude-os com cautela para encontrar soluções eficientes.

Elabore planos de ação para diminuir a inadimplência

Ao identificar os principais motivos, você poderá criar estratégias para eliminar ou, pelo menos, diminuir o problema da inadimplência. Por exemplo, se o cliente deixou de efetuar os pagamentos porque está muito endividado, facilite o parcelamento do débito e crie uma boa relação com ele para simplificar a negociação.

Se os valores cobrados forem o problema, revise o seu orçamento, os custos com fornecedores e afins e verifique a possibilidade de reduzir os preços. Outra solução nesse sentido é analisar melhor o seu público-alvo e focar suas campanhas de marketing em clientes com maior poder aquisitivo.

Aceite pagamentos por cartão de crédito

Crediário próprio, nota promissória e cheque são exemplos de opções que facilitam muito a inadimplência. Por isso, é preciso se atualizar e adotar o uso do cartão de crédito. Embora as operadoras cobrem uma determinada taxa por cada transação realizada, essa é uma alternativa que assegura à sua clínica o recebimento das receitas em dia.

Isso porque, se o cliente não efetuar o pagamento, ele terá que negociar a dívida com o banco dele, que cobrará altas taxas de juros. E você receberá o seu pagamento conforme o acordado, sem nenhum prejuízo.

Agora que você já sabe como diminuir a inadimplência na sua clínica de estética, não deixe de implementar todas essas estratégias para otimizar os seus ganhos. Lembre-se de que qualquer empreendimento precisa receber suas receitas em dia para se manter firme no mercado e se destacar da concorrência. Por isso, é fundamental estar atento a essas questões tão importantes.

Quer investir em tecnologia aderindo a um sistema de gestão que facilitará a rotina da sua clínica? Então, faça um teste gratuito do nosso software e conheça as soluções que oferecemos para você!

Inadimplência na clínica de estética, como diminuir?
5 (100%) 7 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá! Participe do nosso grupo no Whatsapp, receba dicas sobre estética e converse com outros profissionais da área.
Clique no botão abaixo para participar. ⬇️
Powered by