RECEBA TODA SEMANA NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Currículo de esteticista: o passo a passo para desenvolver o seu

Publicado em 22/04/2021

Ter um currículo de esteticista bem-feito é essencial para conquistar boas oportunidades na área. Isso porque esse documento contém suas principais informações profissionais, como experiência e objetivos, que fazem despertar o interesse do recrutador, contribuindo para que você seja chamada para uma entrevista de emprego. Contudo, para que esse material funcione como a porta de entrada no cargo almejado, é preciso prestar atenção na melhor maneira de elaborá-lo.

currículo de esteticista

Para descobrir o passo a passo para desenvolver um currículo de esteticista atrativo, continue a leitura do artigo!

Informe os dados pessoais

O primeiro passo para elaborar o currículo de esteticista é colocar os dados pessoais:

  • nome completo (precisa estar com uma fonte maior que a do texto);
  • idade;
  • endereço (deve conter no nome da rua, número da casa, bairro, cidade, estado e CEP);
  • telefone para contato (se possível, coloque mais de um número);
  • e-mail.

Defina o objetivo profissional

Aqui é onde você informa para os recrutadores quais são suas metas e ambições profissionais, além de dizer o cargo que pretende ocupar na empresa. Contudo, lembre-se de que você deve fazer um texto curto e claro, sem muita enrolação. Isso porque a equipe de RH pode ter muitos currículos para analisar, então, quanto mais direto, melhor.

Coloque a formação acadêmica

Nessa etapa, você deve colocar o local onde estudou, com os seguintes dados:

  • instituição;
  • curso;
  • ano de conclusão.

Não se esqueça de começar listando do curso atual para o mais antigo. Caso ainda curse ou já tenha concluído o ensino superior, não há necessidade de informar que fez o ensino médio, apenas se for atrelado a uma formação técnica.

Liste suas experiências e habilidades como esteticista

Listar as experiências profissionais e as habilidades é um ponto fundamental na hora de elaborar o currículo de esteticista. Isso porque é nesse momento que o recrutador conseguirá ter noção se o seu currículo tem o perfil da vaga ofertada pela empresa.

Quando for colocar as experiências, é necessário informar o nome da empresa que trabalhou, assim como o mês e o ano de início e término das atividades. Já na parte das habilidades, diga no que você se destaca na profissão e suas qualidades como esteticista, mas cuidado para não usar adjetivos em excesso.

Faça uma boa formatação do currículo

O visual do currículo de esteticista conta muitos pontos para ser selecionada para uma entrevista de emprego. Por isso, tente não colocar fontes muito rebuscadas e que comprometam a leitura do documento. O ideal é usar Times New Roman, Verdana ou Arial, com tamanho 18 para destacar o seu nome, 14 para os subtítulos e 12 para o conteúdo geral.

Ao elaborar um bom currículo de esteticista, fica bem mais fácil conseguir as melhores colocações no mercado de trabalho, pois você poderá mostrar ser a pessoa mais qualificada e preparada para ocupar a vaga já na primeira impressão. Contudo, não se esqueça de evitar erros gramaticais e seguir todas as dicas que apresentamos ao longo deste artigo. Isso ajudará a deixar o seu documento mais atrativo, aumentando suas chances profissionais.

Aproveite e cadastre o seu currículo no Portal Job Estética, site específico para empresas e profissionais da estética.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entrar no Grupo
Entre no nosso grupo de WhatsApp, converse com outras esteticistas e troque dicas e informações sobre o mercado de estética. ⤵️