RECEBA TODA SEMANA NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Contabilidade para Clínica de Estética, por onde começar?

Publicado em 08/22/2018

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Twitter 0 Email 0 Filament.io 0 Flares ×

Você abriu sua clínica de estética, mas ainda está patinando nas questões financeiras e não sabe por onde começar? Nós preparamos este guia com noções básicas de contabilidade para Clínica de Estética.

Contabilidade para clínica de estética

Contabilidade para Clínica de Estética, por onde começar?

Ter um bom controle financeiro é essencial para evitar multas, reduzir custos, otimizar gastos e manter a saúde financeira do seu negócio.

Entendemos que a área contábil pode parecer complexa para leigos, por isso, vamos apresentar a você alguns conceitos importantes.

Escrituração

De acordo com o Código Civil, o empresário e a sociedade empresária são obrigados a seguir um sistema de contabilidade com base na escrituração uniforme de seus livros.

A escrituração é um processo através do qual se registram relatórios com todas as ações comerciais e financeiras de uma empresa. Nela, os documentos são lançados para que possam fornecer dados precisos, caso sejam necessárias futuras verificações.

Documentos

A falta de organização de documentos é um erro muito comum cometido por novos empreendedores. Todos os documentos sempre devem ser guardados e enviados para a contabilidade.

Órgãos fiscais podem solicitar confirmações e será necessário ter todos os registros arquivados. Alguns exemplos de documentos são: notas fiscais, folhas de pagamento, pró-labore, extratos de movimentações bancárias, documentos referentes a empréstimos e financiamentos etc.

Livros Contábeis

Você deve enviar todos os documentos à contabilidade e o escritório providenciará os registros nos livros contábeis. Esses livros devem ser guardados até o fim de sua validade.

Existem vários tipos de livros, alguns exemplos são: livro diário, livro razão, livro auxiliar ou de contas-correntes, livro caixa e registro de duplicatas.

Capital de Giro

O capital de giro é o valor mínimo necessário para manter sua empresa funcionando. É importante saber qual o seu capital de giro para prever o faturamento mensal necessário e evitar prejuízos, além de entender qual a lucratividade do seu negócio.

Regime Tributário

Um dos maiores problemas enfrentados pelos empresários brasileiros é a alta carga tributária. O Brasil tem o maior índice tributário da América Latina, o que acaba incentivando a sonegação fiscal.

Contudo, com um planejamento tributário aliado a um profissional de contabilidade qualificado, você pode amenizar o impacto tributário sem cair na ilegalidade.

Se o seu negócio está enquadrado em um regime tributário que não é compatível com seu desempenho, você provavelmente está pagando mais impostos do que deveria. Portanto, é importante fazer uma análise cuidadosa para entender em qual modalidade sua clínica se enquadra. Os regimes são:

Simples Nacional

É voltado para o pequeno e médio empreendedor com faturamento máximo de R$360 mil por ano para microempresas e R$4,8 milhões por ano para empresas de pequeno porte. É a modalidade mais econômica.

Lucro Real

É obrigatório para as empresas que faturam acima de R$78 milhões por ano. Nessa modalidade, os tributos incidem sobre o lucro real faturado.

Lucro Presumido

Nessa modalidade os tributos incidem sobre um lucro estimado, ou seja, a média nacional por atividade, definida por uma tabela pelo governo.

É importante sempre contar com o auxílio de um escritório de contabilidade para calcular e entender em qual modalidade se enquadra a sua empresa, de forma a diminuir custos.

Controle de Caixa

Controlar o fluxo de caixa é muito importante para organizar seu faturamento sem comprometer o capital de giro. Uma boa gestão de caixa possibilita renegociar prazos, antecipar pagamentos e tomar atitudes preventivas.

Anote entradas e saídas assim que elas acontecerem. Torne o controle de caixa um hábito na sua rotina de tarefas.

Sistema de gestão

É necessário um especialista para realizar todas as tarefas relacionadas à contabilidade da sua empresa. Manter a saúde financeira de um negócio demanda muito trabalho e tempo.

Além disso, um bom sistema de gestão integrado auxilia no alinhamento das informações. O software pode auxiliar no cadastro de clientes, agendamentos, avaliações, além de emitir contratos e enviá-los para o financeiro.

É importante que todo empresário tenha um conhecimento das noções básicas de contabilidade para que possa tomar decisões corretas. Agora que você já conhece os conceitos básicos, ficará mais fácil atuar na gestão da sua empresa.

Gostou do nosso post? Curta nossa página do Facebook e fique por dentro de todas as dicas para administrar sua clínica de estética.

Contabilidade para Clínica de Estética, por onde começar?
Vote neste post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
Olá! Participe do nosso grupo no Whatsapp, receba dicas sobre estética e converse com outros profissionais da área.
Clique no botão abaixo para participar. ⬇️