RECEBA TODA SEMANA NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Super Dicas de Gestão Financeira para Clínicas de Estética, Dica 5: Fluxo de Caixa!

Publicado em 05/14/2014

fale com um consultorPowered by Rock Convert

Prezado leitor, este é o quinto post de uma série de nove posts com dicas de gestão financeira para clínicas de estética. Estamos felizes que você esteja nos acompanhando nesta série, pois, significa que estamos sendo úteis de alguma forma.

Neste artigo falaremos sobre o fluxo de caixa e porque ele é tão importante na gestão financeira.

O fluxo de caixa refere-se, como o nome sugere, ao fluxo dos recursos financeiros(dinheiro) no caixa da empresa. Trata-se de uma ferramenta de análise, onde é possível verificar exatamente, qual o valor a pagar com as obrigações assumidas, quais as receitas a receber, e qual o saldo num dado momento.

Na gestão financeira, a utilização deste mecanismo é imprescindível, pois ao analisar o fluxo de caixa, é possível fazer o planejamento de gastos, investimentos, prever possíveis quebras e agir de forma preventiva, corretiva e/ou proativa em suas finanças. Além disso, a geração de importantes indicadores depende também de dados vindos esta ferramenta.

Se o saldo do fluxo de caixa estiver negativo, por exemplo, significa que o gestor deverá prover meios de aumentar suas receitas, pois, estas não estão sendo o suficiente para cobrir as despesas no período da análise. Pelo contrário, se o saldo estiver positivo, significa que as receitas superam as despesas no período da consulta.

Para entender melhor esta análise, observe a imagem abaixo para verificar como estas informações podem ser úteis:

Fluxo de Caixa

Na imagem apresentada, é possível observar mês a mês o total de entradas, o total de saídas, o saldo do mês e o saldo acumulado, de janeiro a outubro.

Esta mesma visão poderia servir também para fazer projeções de caixa mediante a simulação de valores de receitas e despesas em um dado período, de modo a saber como estará o caixa, no futuro, permitindo ao gestor tomar decisões referentes a investimentos, por exemplo.

O saldo acumulado também é uma boa indicação da situação do caixa para o período seguinte. No exemplo mostrado, se estivéssemos iniciando a primeira quinzena de outubro, saberíamos que até agora o saldo para o mês de novembro é de R$: 70.390,41. Uma consulta rápida ao contas a receber e a pagar, nos daria a previsão de receitas e gastos para o período de novembro e consequentemente, a projeção de caixa no momento da consulta. Da mesma forma que na simulação, estas consultas reais nos dão subsídios para tomadas de decisões importantes acerca de nossas finanças.

job estéticaPowered by Rock Convert

Assim, o fluxo de caixa é uma ferramenta importante na gestão financeira, pois, permite uma gestão mais eficiente dos recursos financeiros.

A seguir estão algumas dicas que podem ajudar a manter seu fluxo de caixa sempre saudável:

1-Organizar o estoque: Tenha no estoque o que precisa e negocie com os fornecedores o seu tempo de entrega e prazos de pagamento;

2- Projetar o fluxo de caixa para os próximos meses: É importante fazer uma previsão do fluxo de caixa para estar mais bem preparado e evitar situações inesperadas;

3-Incentivar o cliente a pagar a vista: Incentivos, como concessão de descontos para pagamento antecipado, ajudam a melhorar o fluxo de caixa, pois aumentam as receitas;

4-Inventário de despesas e receitas: Saiba exatamente quais são suas principais despesas, quais podem ser reduzidas e/ou eliminadas e quem são suas principais fontes de receitas para potencializar ou aumentar com outras fontes;

5- Reter clientes: Caso seja viável ter receitas recorrentes com pacotes de tratamentos anuais, isso irá gerar um fluxo de caixa previsível e saudável.

6- Preços: tenha certeza que os seus valores apresentam margem de lucros suficientes para manter seu negócio saudável.

No próximo post falaremos do demonstrativo gerencial de resultados, ou seja, o indicador que mostra se sua clínica está operando com lucro ou prejuízo, onde estão suas maiores receitas e despesas e qual é a sua margem de lucro.

Não há dúvida quanto à importância destas informações. Então, é muito importante que você acompanhe nos acompanhe na próxima postagem.

 

One thought on “Super Dicas de Gestão Financeira para Clínicas de Estética, Dica 5: Fluxo de Caixa!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat